.

.

Falling in love - Capitulo 14

                                           
                         Estão juntos?




                                               SeuNome P.O.V'S

Os pais de Clair se estalaram lá em casa durante a tarde. Clair estava junto a sua mãe arrumando suas coisas para amanhã, enquanto seu pai assistia futebol, e eu mandava um e-mail para Simon, mandando o número da conta de Clair, para que ele depositasse metade do meu pagamento lá. Não me sentia nem um pouco animada em morar sozinha naquela casa, que tinha sido um sonho meu e de Clair durante toda nossa juventude. Juntamos dinheiro por anos para comprarmos nossa casa, e a partir de amanhã, serei apenas eu, vivendo em um lugar comprado para nós.

Clair: SeuNome - Ela estava parada em minha porta, com o notebook nas mãos- Posso entrar?
SeuNome: Claro - Ajeitei-me na cama, e coloquei meu notebook no criado mudo -

Clair entrou, e se sentou ao meu lado, calada, cobriu-se com meu cobertor até a cintura, e abriu seu notebook, digitando rapidamente algo que não tive nem tempo de ler.

Clair: Podia ter me contado - Ela virou a tela do notebook, para eu olhar à que se referia-

Eram duas fotos minha e de Harry. Uma em que estávamos de mãos dadas no estacionamento do cinema, e a outra era de nosso "beijo" em frente de casa, com a legenda " Harry Styles e ruiva misteriosa". Não sabia o que dizer para Clair, e na realidade, nem tinha o que dizer.

Clair: Quer me contar agora? - Ela estava séria -
SeuNome: É complicado - Suspirei-
Clair: Me conta SeuNome, por favor 
SeuNome: Em outro momento, ok? - Ela bufou-
Clair: Jace sabe disso?
SeuNome: Não - Ela me olhou mais séria que antes - Olha, não tenho nada sério com Harry.
Clair: Tudo bem - Ela sorriu, me deixando confusa com sua mudança repentina de humor - Fico feliz em saber que está seguindo em frente, mesmo que até poucos dias atrás você ainda amava Jace, mas to feliz e esse Harry é bem bonito - Ela respirou fundo, afim de recuperar o fôlego-
SeuNome: Clair - Senti meu rosto esquentar de tão corada que devia estar, mas Clair não me deixou falar -
Clair: SeuNome, não fique com vergonha - Ela sorriu ternamente - Estou feliz.

Meu celular apitou, salvando-me do furacão Clair, que era sempre persistente, e não se contentava com qualquer papo furado e pouca informação. Era de Lolla a mensagem:


" Algumas roupas chegarão em sua casa amanhã, todas escolhidas pela senhora Diana Acton e Simon. Serão entregues lá pelas 10:30.
                                                Boa noite, Lolla. "


Por um momento, imaginei Simon escolhendo roupas para mim, e contive a vontade de rir, pois Clair estava me encarando.
Clair: O que foi? - Perguntou curiosa-
SeuNome: Nada - Sorri- Animada para voltar ao Canadá?
Clair: Prefiro Londres - Sorriu - Mas, devo isso aos meus pais, sabe? Fiquei muito tempo longe deles.
Seunome: Entendo - Sorri-
Clair: Preciso que cuide de tudo na minha ausência - Assenti- Vou sentir sua falta - Me abraçou-
Seunome: Eu também - Permaneci abraçada a ela, torcendo para que nosso abraço durasse para sempre-

Clair beijou minha testa antes de me soltar, e se levantou sem tirar os olhos de mim. Imaginei que fosse dificil para ela deixar sua amiga que faz tudo errado sozinha por um tempo. Ela pegou seu notebook, e saiu de meu quarto.


                                     [...]

Acordei um pouco mais relutante que o normal. A casa estava silenciosa, e eu lembrei que estava sozinha agora. Guardei as caixas de roupas, sapatos e acessórios que estavam na varanda, e me perguntei se eles eram retardados por deixar aquilo na minha varanda, sem nem pensarem em tocar a campainha. Pedi uma pizza para o almoço, já que o armário de casa estava vazio, e me veio na cabeça que Clair nunca deixaria isso acontecer se estivesse aqui.


                                   Harry P.O.V'S

Tinha acabado de sair de uma reunião com Simon, quando me lembrei da lista de compras que minha mãe botou em meu bolso para que eu pudesse comprar ainda hoje para o jantar de 50 anos de casamento de meus avós que aconteceria depois de amanha. Mandei uma mensagem para minha mãe, dizendo que hoje não seria um bom dia para ir ao mercado, e ela apenas mandou um "tudo bem".
Caminhei pelas ruas de Londres, afim de encontrar algum lugar para comer, e o que encontrei oi melhor ainda. Seunome corria na outra calçada, vestindo uma calça legging preta, e um casaco azul escuro. As coxas e bunda bem desenhadas na calça, faziam-me pensar que eu a odiava ainda mais por ser tão gostosa. Observei enquanto ela entrava em uma lanchonete e eu fui atras. Ela estava sentada no balcão, tomando suco quando eu entrei.

Eu: Olá meu amor - Ela se virou para mim com os olhos arregalados-
Seunome: Ta me seguindo? - Ela sussurrou -
Eu: De jeito nenhum - Sorri -
Seunome: O que ta fazendo aqui? - Ela estava irritada -
Eu: Nada meu bem - Eu sorria, animado com sua irritação -
Seunome: Porque não me deixa em paz?
Eu: Adoro ver você putinha comigo - Sorri mais abertamente -
Seunome: Vou jogar esse suco na sua cara - Ela já estava vermelha de irritação, o que me deixou ainda mais satisfeito -

Coloquei minha mão sobre a dela, afim de impedi-la de jogar suco em mim.

Eu: Calminha ai meu bem - Ela me encarou -
Xx: Harry? - Uma voz feminina me chamou ao fundo, e eu e Seunome olhamos, dando de cara com minha mãe-

Tirei minha mão da de Seunome, enquanto minha mãe se aproximava sorridente.

Eu: Mãe - Engoli em seco, e Seunome corou -
Anne: Olá querida - Ela falou com Seunome primeiro, e Seunome corou-
Seunome: Olá - Pela primeira vez, eu vi Seunome corar de vergonha- Preciso ir Harry. Prazer em conhece-la - Ela sorriu nervosa, e saiu apressada-

Minha mãe sentou-se ao meu lado, enquanto eu pedia suco de maracujá para nós dois.

Anne: Entendia porque não podia ir ao mercado - Ela sorria- Bela moça.
Eu: Mãe, é... -Eu nem sabia o que falar-
Anne: O que foi Harry? - Eu bufei- Vi a foto de vocês no cinema, também vi vocês em um clima romântico aqui - Seus olhos brilhavam - Estão juntos?
Eu: É, estamos - Dei um gole em meu suco-
Anne: Isso é ótimo! - Disse entusiasmada- Porque não leva a moça ao jantar de seus avós?
Eu: Muito cedo, não acha - Concorde comigo mãe-
Anne: Claro que não querido - Sorri forçado- O que foi?
Eu: Nada - Disse dando um grande gole em meu suco, e jogando o dinheiro em cima do balcão para o atendente- Precisa de carona?
Anne: Seria ótimo meu filho - Sorriu-

Deixei minha mãe em casa, lutando contra a vontade de mandar ela calar um pouco a boca. Depois dirigi até minha casa. Joguei-me no sofá, e fiquei pensando sobre levar Seunome ao jantar. Estava inseguro, mas já que devia levar nosso "namoro" a sério, eu também devia apresenta-la a minha família. Mandei uma mensagem para ela.

" Gostaria de leva-la a um jantar na casa de meus avós depois de amanha. Não use a desculpa de que não tem roupas, pois agora você tem, vá comigo, por favor. Busco você em casa ás 19:00hrs.
Obs: Minha mãe faz questão que você vá.

                                                                         Harry"

Percebi que estava nervoso em relação ao jantar, não sabia se era certo leva-la a um momento tão especial para minha família, mas eu já havia a convidado, agora era tarde. A mensagem de Seunome foi curta:

" Verei o que posso fazer"

Eu ia considerar aquilo como um sim. Ok, agora eu tinha companhia para o jantar.
Mandei uma mensagem para Willa, a ruiva que eu havia levado para a cama no dia do jantar.

" Passe aqui hoje a noite, me diverti muito naquela noite, gostei de passar a noite com você. H."

Sem muita demora, a resposta chegou:


" Não me lembro de ter passado noite nenhuma com você, mas sei muito bem do que se trata, não quero saber de suas fodas casuais, e não me encha o saco."


Droga. Chequei a mensagem, e lá estava o número de Seunome, exato, eu mandei mensagem para o número errado, mas eu ri ao ler a resposta de Seunome, e apesar da vontade de transar, decidi não reenviar a mensagem para Willa, contentei-me em apenas rir com a mensagem de minha "namorada".



                                   Continua...

------------------------------------------------------------

Olá babyss! Desculpem a demora, mas a criança aqui ficou sem internet por um bom tempo porque inventamos de trocar de internet e acabou dando um rolo, mas aqui estou eu. A boa noticia é que eu aproveitei esse tempo sem internet para fazer o resto da fanfic, e eu já tenho 5 capítulos prontinhos :D, então esperem para conferir! Beijos...

                                                             Ariana.

1 comentários:

Seu comentário e que me motiva a continua as fanfic's, então deixe seu comentário elogiando, criticando, dando a sua opinião, que e muito importante para mim ^^